T: 00351-916283680

Lugares de interesse

Parque Natural da Ria Formosa, esta paisagem lagunal estende-se ao longo do sotavento algarvio de Faro até Cacela Velha perto de Tavira. Criada em 1755 pelo último grande maremoto, as suas dunas, ilhas e barras para o alto mar estão em movimento contínuo conforme as marés.

Vila Real de Santo António a popular localidade turística de Monte Gordo, situada na costa e a 5 km a Oeste do centro de Vila Real, oferece ao veranista extensas praias de areias alvas orladas por pinheirais. A confortável travessia do rio Guadiana em ferryboat até à pitoresca cidade de Ayamonte, na margem espanhola, é um agradável programa alternativo. Outro passeio recomendado é a subida do rio até a pequena cidade de Alcoutim.

Tavira possui uma das mais interessante arquitectura do todo Algarve. A sua origem remonta o ano 2 000 a.C. e já na época da ocupação árabe a pesca tinha aqui uma grande importância.

Faro: com uma população superior a 40 000 habitantes, Faro é a capital do distrito do Algarve. Apesar da maioria dos edifícios interessantes ter sido restaurada depois de terramoto de 1755, existem na cidade numerosos vestígios das presenças romana e árabe na região. A zona histórica de Faro, ainda cercada pelas muralhas da época romana, é uma atracção para turistas nacionais e estrangeiros.

Estói: O palácio do Visconde de Estói foi construído entre o fim do séc. XVIII e o início do séc. XIX  usado para festas, actualmente o magnífico prédio de estilo rococó está transformado numa pousada.

A arquitectura da zona histórica de Olhão revela a influência árabe na região. No ambiente ruidoso e frenético dos dois mercados, situados na avenida à beira-mar, pode-se admirar uma impressionante diversidade de peixes e mariscos frescos todas as manhãs.

Silves a cidade de Silves ergue-se sobre um vale fértil onde abundam os laranjais e é dominada pelo castelo, que data sobretudo do tempo da ocupação dos mouros. Com efeito, Silves prosperou sob o domínio dos árabes, tendo-se tornado na sua capital no Algarve, sob o nome de Chelb, até ser conquistada pelos cavaleiros da Ordem de Santiago, em 1242. Das torres do castelo obtêm-se vistas espectaculares sobre a cidade e os campos e várzeas que a rodeiam.

Antiga vila de pescadores, Albufeira tornou-se, a partir dos anos 60, num dos mais importantes e conhecidos centros turísticos do Algarve e hoje conta com mais de 16 000 habitantes. No verão, o centro da cidade, com as suas lojas, bares, night clubs e diversos restaurantes, fervilha com os turistas vindos de todas as partes do mundo. Nos arredores de Albufeira  encontram-se algumas das mais belas e famosas praias do Algarve. 

Vilamoura Vilamoura ocupa um terreno de aproximadamente 2 000 ha e é um dos maiores complexos turísticos da Europa. Uma grande parte desta superfície é composta por pinhais e por um estuário marinho.

Loulé O mercado semanal atrai turistas de todo o Algarve. Um ponto fulcral da cidade é o Mercado Municipal que re-abriu no início de 2007 após um longo período de renovações. A sua arquitectura apresenta uma influência do estilo mouro clássico. Os festejos anuais do Carnaval em Fevereiro com a sua procissão colorida à volta do centro da cidade são considerados uns dos melhores do país.

Portimão o é hoje uma moderna cidade turística com forte cariz comercial e uma vida nocturna muito concorrida.

Fóia (902 m) é o ponto mais alto da Serra de Monchique e do sul de Portugal. Os magníficos montes da serra avistam-se de longe. A pouca vegetação do planalto consiste principalmente de arbustos e ervas aromáticas selvagens.

Caldas de Monchique não foi afectada pela invasão turística das últimas décadas. A cidade situa-se encravada numa cadeia montanhosa do mesmo nome, entre as duas elevações mais altas do Algarve: as serras da Picota (774 m) e da Fóia (902 m). Os moradores conservaram a aspecto rural da localidade, em cujas ruas estreitas e sombreadas encontram-se diversas lojas de artesanato e de objectos de arte.

Lagos, que conservou até hoje o seu espírito cosmopolita, aceitou os desafios dos tempos modernos, porém sem desprezar a herança do seu passado.

Sagres a aldeia de Sagres que se encontra no distrito da Vila do Bispo fica situada na ponta mais a sudoeste da Europa perto do Cabo de São VicenteDevido a sua localização a sul do cabo, Sagres está bem protegida do agitado Oceano Atlântico e dos ventos fortes provenientes do oeste.

Vila do Bispo, com 60% da sua área inserida no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, o concelho de Vila do Bispo é um dos poucos locais da região do Algarve onde a natureza selvagem, aliada a um património histórico cultural riquíssimo, se mantém intacta.

Copyright 2017 Casal Da Eira | Admin